Tecidos importados em São Paulo

Me perguntaram e eu estava aflita por não responder logo onde eu costumo comprar tecidos para patchwork. É uma das coisas mais viciantes que tem, não conheço ninguém que se mantenha sob controle numa loja de tecidos.
Atualmente onde vou com mais frequência é na minha amiga Chung que é dona da loja Welli. Ela sempre tem muitas novidades em tecidos e livros. Também compro na Entrelaçadas onde os tecidos são lindos e caros. Faz tempo que não vou na Kikikits, mas ela tem bastante coisa. Na 25 de Março, o Fernando Maluhy tem um pouco de importados e são mais baratos que nas outras lojas. A última vez que fui na Paulinia fiz um estrago na minha conta bancária e estou enrolando para voltar lá: os tecidos japoneses são maravilhosos e a minha Bernina está me esperando. Também compro pela Internet na Keepsake Quilting mas é arriscado, já tive que pagar 60% de impostos e já fiquei quase um ano assinando o medley of the month sem problema nenhum com alfândega.
Não tive nehnuma experiência com tecidos que encolhem, nem nacionais nem importados. Às vezes, algum solta um pouco de tinta e tenho por hábito não guardar nenhum tecido sem lavar. Também costumo verificar se o tecido ficou torto depois de lavado e costumo dar uns puxões nas diagonais para trazê-lo ao normal antes de passar a ferro. Sempre guardo em caixas com tampa ou dentro do armário porque tenho pavor de poeira. Também sempre deixo a persiana do quarto de costura fechada para não entra muita luz lá e desbotar meus trabalhos e meus tecidos.
Não tenho comprado muito porque ainda não consegui botar ordem no quarto de costura e ando muito entretida com os bordados.
Isso tudo é para tecidos de algodão. Depois que ingressei no mundo do Crazy comecei a descobrir os tecidos sintéticos, mas daí é outro capítulo...

5 Comentários:

Andrea disse...

Olá Cecília, realmente, os paninhos são viciantes, ainda mais os importados... já parei de comprar e amarrei as mãozinhas..rsss.. beijos!

Ateliê da Safira disse...

Oiiiiiiii Cecília

Obrigada pela resposta sobre onde comprar os tecidos, vou aos lugares q me indicou, e lavar e passar antes de usar em uma costura!
Obrigadaaaaaa
Beijos
Dany

Ateliê da Safira disse...

Olha eu aqui outra vez...

Cecília, estava olhando nos sites q vc indicou, sabe outra pergunta q gostaria q me respondesse, seria até uma ideia d postagem, seria dicas de réguas, cortadores,e tudo mais p patchwork.
Sou nova na costura, e meus olhos brilham qdo vejo seus trabalhos, e de outras amigas. Patchwork parece ser simples, mas nao é! Tem varios detalhes.
Qdo puder me responda!
Beijos
Dany
louqui11@hotmail.com

Bóia disse...

Cecília,

Dei uma olhada nos sites q vc citou, tem muita coisa, encontrei tb uma série de outras opções nesse outro aqui www.vitrine25demarco.com.br na parte de Roupas e Acessórios.

Anônimo disse...

Oi Cecilia! Gostaria de lhe parabenizar pelo seu trabalho. Vc é muito talentosa!! Não acreditei quando vi suas dicas para compras de tecidos em SP. Como me ajudou! Moro em BH/MG e me aventuro a fazer bolsas em patchwork. Gostaria de saber se vc sabe qual o preço do metro de tecidos como Fernando Maluhy e os outros que vc citou. Acredito que aqui em Belo Horizonte estou comprando mais caro, por isso queria comparar com SP. Obrigada desde já por suas dicas e caso possa me ajudar ficaria muitíssimo grata! Um grande abraço, Miriam. patchmi@gmail.com